Mão de Obra Barata Vale Apena Contratar?

Ei Sr(a). economista, preço é tudo na hora de contratar mão de obra?

Se esse for o seu caso, então, você precisa rever o seu conceito sobre mão de obra barata!

Um dos maiores economistas do mundo, (Peter Drucker), disse a seguinte frase: “Não sou especialista em Brasil, mas uma coisa estou habilitado a dizer: Não creiam que mão-de-obra barata ainda seja uma vantagem”.

Pois bem, se acha que o preço do serviço abaixo do mercado é o ponto crucial para contratar uma empresa de pintura ou pintor profissional para sua reforma, fique tranquilo, você não é o único! Existem milhares de brasileiros igual a você.

Por exemplo, aqui em Fortaleza, o preço tem sido uma das grandes questões que sempre surgem durante as conversas com cliente, pois, o questionamento que mais escuto dos clientes é: “A outra empresa ou profissional X disse que realiza meu serviço mais rápido e por um preço menor” ou seja, “Eles fazem tudo, desde pintura, alvenaria, elétrica e hidráulica por menos de um salário mínimo”.

Parece mentira, mas é a pura verdade. Os clientes estão exigindo qualidade aliado a preço baixo.

A maioria dos clientes estão buscando novas alternativas fora do mercado, em pessoas que tendem a fazer um pouco de tudo, desde pintura, elétrica, hidráulica, gesseiro e até marido de aluguel. Desta forma, eles querem um ShowMan da construção civil e não apenas um simples pintor de obras.

Além de exigir serviços com preços abaixo do mercado, ainda almejam a boa qualidade do serviço. E isso, é algo incoerente, já que tudo que tem qualidade tem preço!

Imagine a seguinte situação:

O pintor ou empresa recebe a ligação do cliente solicitando um orçamento de pintura. Então, agenda uma visita técnica, e no dia seguinte… O profissional se desloca de um bairro para outro, gerando gastos com transporte, alimentação, tempo no trânsito, etc. E, ao chegar na residencia do cliente, o pintor irá avaliar as paredes e tetos de todos os cômodos do imóvel. Calcular o metro quadrado (m²)  de cada ambiente, anotar as necessidades do cliente como: as cores, os acabamento, os reparos, tipo de pintura, entre outros.

Ao concluir a avaliação técnica do imóvel, o profissional retorna para sua empresa ou casa. Desta forma, o mesmo dará inicio ao orçamento de pintura, projeto de reforma e cotação de materiais… Ou seja, inicia-se a pesquisa de tintas pela melhores marcas, quantidade de produtos por metro quadrado (m²), cronograma do serviço, metodologia do trabalho, normas NR e NBR, prazo de entrega, e os valores recebidos pelo serviço prestado.

E por último, envia a proposta junta com orçamento por e-mail, WhatsApp ou entrega pessoalmente ao cliente.

Depois disso tudo, o cliente liga outra vez para o profissional ou empresa e faz a seguinte pergunta: Dar pra fazer um precinho melhor? Ou seja,o que ele quis dizer, foi: Dar para trabalhar com preço abaixo do mercado!

Agora, imagina outra situação:

Você é um cliente exigente, que preza pela boa qualidade. Então, você faz todo planejamento de reforma, compra materiais ecologicamente corretos, das melhores marcas, contrata o melhor arquiteto da região para fazer o projeto de seus sonhos, e na hora de fechar a pintura do seu imóvel, o pintor ou empresa faz a seguinte pergunta: Posso pintar suas paredes pela metade e ganhar o seu dinheiro?

Pois é, a moeda tem dois lados. É assim que o profissional de verdade se sente com esse tipo de pergunta!

Mão de obra barata vira alvo de exploradores?

É muito importante esclarecer para o consumidor que um serviço de qualidade não se resume à passar um rolo ou pincel com tinta nas paredes e pronto! De maneira nenhuma, isso pode ser chamado de pintura profissional, mas sim, uma maquiagem mala-cabada feita por pessoas sem embasamento em tintas.

De nada adianta maquiar as paredes do imóvel, sendo que, com uma análise mais técnica de quem entende do assunto, esse serviço mostra ser totalmente inútil, perda de tempo e dinheiro, seja por sido executado de forma errado ou por ter um acabamento grosseiro e inadequado para o ambiente.

Por esse motivo, tome CUIDADO com os falsos profissionais que prestam o serviço focando apenas na entrega rapidinho por preço abaixo do mercado. Isto só mostra a falta de profissionalismo e comprometimento com o cliente.

Todo profissional qualificado, que entende do assunto, sabe muito bem, que um bom serviço de pintura não é medido pela rapidez, e sim pela sua qualidade e metodologia aplicada, respeitando sempre as instruções de uso dos produtos e tintas.

Outro ponto interessante, é o material utilizado para executar a obra, pois, de fato, não dá para prestar um serviço de pintura com qualidade superior, usando produtos e tintas de terceira, de marcas duvidosas.

Sobretudo, a péssima qualidade de um serviço de baixo custo, não está ligado apenas aos materiais de terceira, mas, também á mão de obra de quem executa.

Todo cuidado é pouco na hora fechar uma negociação, se alguém lhe oferece mão de obra com preços baixos, fique ciente de que seu imóvel pode sofrer danos sérios no médio e longo prazo e a recuperação costuma ser lenta e cara!!!

Por isso, antes de contratar um profissional ou uma empresa de pintura, escute as opiniões de outros clientes. Para isso, recomenda-se acessar o site Reclama Aquipara saber quais são as reclamações avaliadas para o serviço prestado.

Embora haja alguns adeptos da economia barata, que afirme que serviço deste  tipo tem qualidade. Eu já conheci vários clientes que foram alvos de um trabalho mal feito e demorou um bom tempo para corrigir todos os acabamentos e repintar tudo de novo.

Com isso, gera um mau-estar no cliente, pois, quando ele olha para as paredes do imóvel, maquiadas, percebe-se as muitas imperfeições, como buracos, manchas, emassamento tosco, entre outros… Daí então, no seu subconsciente, aquela voz lhe acusa de ter sido tão clichê!

E no final das contas, o cliente entende que ao contratar um serviço barato, acaba gerando mais gastos, seja com materiais, mão de obra especializada para consertar o serviço, limpeza do imóvel, etc.

Porque como já dizia o ditado: a pressa é inimiga da perfeição… E o único barato disso tudo é o marido da barata!

Agora, após ter esclarecido esse ponto importante sobre mão de obra barata, se você ainda quer um serviço com preço abaixo do mercado, você não é a única pessoa!

No entanto, se você quer qualidade e perfeição dentro do seu imóvel, com toda certeza aprendeu algo com esse artigo.

Obrigado por sua visita!

Até o próximo artigo…

Publicado por Admin

O blog Antonyo Pintor irá te orientar na sua obra, seu melhor guia de tintas e pintores.

%d blogueiros gostam disto: